sábado, 21 de março de 2015

Dr. Herbert Shelton Higienismo e Higiene Natural - Palestras gratuitas

Prezados leitores,

Venho compartilhar algo que me ajudou muito e sempre me motivou. O Dr. Herbert Shelton, ícone do movimento naturalista e do higienismo, sempre foi uma grande inspiração, de sabedoria e determinação que eu sempre admirei e almejei. Foi através de seus livros e suas palestras que aprendi muito e consegui compreender saúde e nutrição e elevar minha saúde a níveis que nunca imaginei serem possíveis. Portanto, compartilho com vocês horas e horas de aúdio de suas palestras, infelizmente apenas em inglês, por volta da década de 1950. Espero que gostem o tanto quanto eu gostei, foi crucial para mim e gostaria de compartilhar com vocês.

https://www.dropbox.com/sh/vxqcph9wo2qb0vc/AAD6eJxR20no_qY-Jd1E4jB3a?dl=0

quinta-feira, 12 de março de 2015

Festival ecológico 2015 Saúde Frugal e Alquimia Viva&Vegana lá!

Prezados Leitores,

Venho aqui anunciar minha participação e da Rafaela, no retiro de alimentação viva e vegana, do Chef Daniel Francisco de Assis, no final deste mês e início do próximo. Não percam, seremos apenas alguns de vários palestrantes e chefs no local!


Acesse o link abaixo e inscreva-se já!


quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

Êxodo Urbano – Saindo do sistema para a auto-suficiência

Abaixo compartilho um texto que estou produzindo para um futuro livro, por enquanto chamado o Sistema Higienista. Ainda não revisei, para falar a verdade acabei de escrever e tão feliz decidi compartilhar.

Êxodo Urbano – Saindo do sistema para a auto-suficiência

A medida que fomos “evoluindo como seres humanos”, produzindo tecnologias que nos permitiam construir cidades cada vez maiores e literalmente nos ausentar da natureza, quebrar o elo com a mesma, já que conseguimos resfriar, congelar, conservar, adulterar e produzir alimentos secos em demasia que conseguem se manter “sem estragar” por até um ano ou mais e, de certa forma, manter a vida humana, fomos criando um sistema de dependência em diversos níveis de nossa vida que nunca mais seria como antigamente, que literalmente trabalhávamos em prol de nosso sustento, felicidade e alegria. Trabalhávamos para produzir nossa comida, montar nossa casa e aproveitar tudo que a vida tem a nos oferecer sem estarmos sempre presos por horários, rotinas, contas a pagar e a fazer coisas que realmente não queremos ou gostamos, apenas para nos enquadrar dentro desta sociedade.

Infelizmente hoje, quando alguém nasce dentro do sistema, está literalmente fardado para sempre para trabalhar para pagar pelos serviços dos outros. Muitas vezes serviços que não queremos ou escolhemos. Como por exemplo se moramos em um apartamento precisamos pagar por um condomínio mesmo sem não quisermos um elevador a mais, um salão de festas ou porteiro 24 horas. Precisamos pagar por impostos caros mesmo se esse dinheiro que é pago pelos milhões de pessoas da nação não vá realmente para auxiliar nossa vida, mas para o bolso de políticos que tem salários astronômicos e ainda assim roubam o dinheiro dos impostos para si mesmo.

Vai ser induzido fortemente a financiar muitas coisas detrimentais a sua saúde, já que nasceu envolvido em uma cultura que ensina a importância da proteína animal para a vida, que o consumo de alimentos industrializados fornece elementos nutricionais devido a fortificação etc. Vai ser levado a ser um escravo do sistema, pois vai estar sempre trabalhando para poder comprar sua casa, sua comida, sua água, sua felicidade através de entretenimento etc. Você precisa limpar sua casa com inúmeros produtos químicos, precisa de inúmeros alimentos caros e ainda muitos suplementos para ser bem nutrido, remédios para ser curado, um carro para ser respeitado, roupas de marca para ser enquadrado como alguém de respeito, entre inúmeras outras coisas que te forçam a estar sempre na busca de ganhar mais dinheiro, sem perceber que se alguém ganha mais dinheiro, outra pessoa precisa fazer menos dinheiro e cada vez mais o mundo tem caminhado da concentração e monopólio da riqueza, aonde alguns poucos detem praticamente todo o dinheiro e as massas, se degladeiam para ganhar e sobreviver com o pouco que resta.

Entretanto, ao invés de para sempre se preocupar em alimentar esse sistema sordido que destroi a qualidade de vida do mundo inteiro na atualidade, nos fazendo trabalhar incessantemente, nos preocupar para sempre em pagar as contas e satisfazer a sociedade que visa pessoas “bem sucedidas” que se enquadram dentro deste sistema doentio que tem destruído nossa vida, a dos animais e do planeta, você pode simplesmente se “desplugar da Matrix”. Literalmente dizer não ao sistema e reaver seu direito de nasença. A saúde, o bem estar, a liberdade, a igualdade, e todas as benesses que a natureza nos forneceu ao criar a vida neste planeta. Largar sua dependência do sistema e não necessitar do serviço de outros, assim não precisar para sempre se escravizar a um trabalho que não gosta, a horários, a compromissos e rotinas entendiantes é mais fácil do que parece. Só precisamos simplificar nossa vida e perceber que a maioria das coisas que compramos e usamos, não precisamos realmente.

Ao sair das cidades e ao aprender a praticar o higienismo e sua dieta frugívora, ao aprender as técnicas da bioconstrução, paineis solares para luz elétrica, técnicas de permacultura e fruticultura orgânica, construção de eco móveis feitos de bambu ou madeira, biogás, desidratadores solares e saindo da cidade, comprando um pequeno pedaço de terra em uma cidade pequena que vai sair muito mais barato, você pode simplesmente se tornar autosuficiente, sem depender de ter que pagar suas contas de água, luz, gás, condomínio, supermercado e hortifruti, móveis para a casa, equipamentos carros, como panelas, fornos, fogões, microondas etc. e simplesmente trabalhar apenas para você e sua familia. Quebrar essa escravidão vitalícia que gira a engrenagem do consumo desenfreado, de alimentos contaminados com agrotóxicos, exploração de animais, consumo demasiado de recursos de um planeta finito, desigualdade social que todos estes fatores leva a crimes, roubos, mortes, dor e sofrimento além da imaginação.

Se você está disposto a fazer pequenas mudanças em sua forma de ver o mundo, inovar e avançar para um novo paradigma de evolução e existência humana, se eduque e seja um líder na mudança mais importante da história! Governos, multinacionais e empresas multimilionárias podem não gostar e até mesmo quebrar devido a sua iniciativa, ocorrerá oposição de todos os lados, desde familiares até amigos e colegas de trabalho, entretanto, uma revolução precisa ser começada e liderarada por alguns poucos, que se multiplicam e viram dezenas, centenas, milhares e milhões.

Saia do sistema, antes que ele colapse ao destruir o mundo através da falta de recursos e aquecimento global. Mostre a todos que existe uma forma de tentarmos realmente um progresso e uma evolução humana, uma feita com mais igualdade, mais próximo da natureza e do natural em todos os sentidos. Mostre que agora, o foco é sair das cidades e começar a vida autosustentável. Talvez seja impossível para nós no presente momento realmente reconstruir todo o sistema e para todos sairmos das cidades grandes da noite para o dia. Ou seja, abandonar o sistema econômico atual e sua forma de agricultura e moldar um novo do zero. Entretanto, conseguimos evoluir e desenvolver tecnologias verdes e soluções que possam tomar conta das atuais que são poluentes, prejudiciais a saúde e destrutivas em todas as esferas.

Temos várias civilizações modelo, como os Hunzakuts no Norte do Paquistão, nas montanhas do Himalaia, que são famosos por sua longevidade, saúde, prosperidade, educação, hospitalidade e muitos outros fatores. Eles praticam uma agricultura orgânica centrada em frutas e vegetais a centenas de anos. Em uma civilização de mais de 30 mil pessoas, não existe crimes nem polícia, eles geralmente casam para vida, morrem apenas aos 120 anos durante o sono, ao invés de sofrer de alguma doença crônica degenerativa. Eles são sempre alegres, otimistas, acolhedores e ativos até o final de suas vidas. A única moeda que eles tem são sementes, que são trocadas como se fosse dinheiro. Todos vivem da mesma forma, comem os mesmos tipos de alimentos e não tem desigualdade social.

O primeiro passo para a revolução crua, verde e sustentável deve ser começar a comprar e consumir apenas coisas sustentáveis. Obviamente, começando pela comida, podemos largar os alimentos industrializados, embalados, ensacados e empacotados por alimentos frescos. Alimentos industrializados são prejudiciais a nossa saúde e a do meio ambiente. Largar os alimentos de origem animal que além de serem patogênicos são extremamente antiéticos e destruídores da natureza e dos recursos do planeta. Já que eles são a principal fonte de desmatamento e uso de recursos naturais e consumo de alimentos no mundo.

Adotar uma dieta local seria um grande passo para sustentabilidade. Pois consumir alimentos importados ou de longa distância, levam a maior queima de combustível, assim significa maior poluição e maiores preços no quilo do alimento. Após, devemos largar ou pelo menos minizar consideravelmente os grãos e leguminosas criadas em monoculturas, que são responsáveis pela degradação da solo e destruição da vida selvagem e com menos árvores, temos mais aquecimento global. Penúltimo, seria consumir apenas alimentos orgânicos, que apesar de serem caros e não predominantes na atualidade, se todos exigirmos orgânicos e pararmos de comprar os convencionais e colocarmos o custo ambiental dos agrotóxicos em cima dos produtos da agricultura convencional e pressionar o governo para subsidiar o pequeno produtor de alimentos de origem vegetal ao invés do agronegócio, podemos ter comida saudável no prato.

E por último e o mais importante, consumir cada vez mais frutas e vegetais, pois cada árvore de fruta plantada é menos aquecimento global e menos trabalho e recursos para produzir o alimento. E claro, todos sabemos instintivamente que a fruta e o vegetal é o alimento mais saudável e nutritivo que podemos comer. E a melhor parte, com um pequeno pedaço de terra, conseguimos plantar muitas árvores e vegetais e crescer uma grande quantidade da nossa comida sozinho, assim realmente reduzindo nossos gastos com comida e ainda tendo comida orgânica, fresca e grátis. Se todos plantarmos algumas árvores, o mundo

Trocar completamente os produtos de higiene do lar e higiene pessoal por produtos feitos em casa sem toda a química e embalagens de plástico e ainda assim minizar o uso destes. Sua saúde, seu bolso e o meio ambiente irão agradecer.

Exigir a construção de ciclovias e começarmos a termos a bicicleta como principal transporte dentro das cidades, ao invés de imensas ruas para carros poluentes, teríamos imensas ciclovias cruzando países, para levar as pessoas a serem mais ativas fisicamente, diminuir sua pegada ecológica e pararmos de produzir lixo que não é biodegradável. Ao invés dos transportes usarem combustíveis fosseis, os governos investirem no desenvolvilmente de biocombustíveis e adaptar os transportes ao uso dos mesmos.

Termos composteiras, ao invés de lixos com sacos plásticos. Ao produzir apenas lixo orgânico como um crudívoro saudável o faz, não teríamos necessidade de “reciclar o lixo”, pois todo o “lixo” é biodegradável.


Moldar um mundo mais pacífico, igualitário, saudável e ético deve ser a missão de todos nós. Para isso, precisamos mudar o rumo do planeta e educar as massas da realidade. Que estamos todos vivendo dentro de cavernas, afastados do contato com o ser humano, com a natureza e com as fontes da existência da vida no planeta. Acreditamos que toda essa modernidade e tecnologia é um progresso, quando na verdade é um regresso. Não estamos mais felizes, mais saudáveis, mais inteligentes, mais em forma. Estamos menos em todos os possíveis pontos positivos na vida. Seja a solução e não o problema. Se torne crudívoro, se torne sustentável!

domingo, 15 de fevereiro de 2015

Curso de veganismo e crudivorismo em São José do Rio Preto

Será um final de semana com palestras, documentários, aulas e oficinas de culinária crua e vegana.
Além de prática de yoga, roda de cantos e dançar circular para alegrar as nossas noites.

Se você se afiniza com alimentação saudável, reeducação alimentar e hábitos que levam a saúde, vem veganizar com a gente! 

Venha aprender a fazer suco verde, tortas vivas sem açúcar, glúten, lactose etc. docinhos vivos e muito mais!

Programação: 

Em breve

Início: 01/05- sexta-feira 12:00h
Término: 03/05- domingo 12:00h

Local: CHAV- Centro holístico Arte e Vida - Estrada da Jabuticaba 4902 Éden leste - Engenheiro Schmitt São José do Rio Preto

Troca sugerida: R$ 300,00 por pessoa (hospedagem a parte)

* A chácara onde o evento será rodado, oferece quartos para quem vier de fora poder se hospedar. Valor da diária R$50,00. Tratar com Bruna. Telefone: (17) 3808-2078

Dados para depósito (valor do curso):
Banco do Brasil
Rafaela Schiavinatto Cundari
CPF: 394.378.828-86
Cc: 67364-1
Ag: 57-4

(21) 97021-5276 whatsapp Rafaela